21/01/12

Selo - como fazer

Se você perguntar ao Dr. Google como fazer um selo para o seu blog (ou para qualquer outra finalidade, como uma matriz para etiquetas, por exemplo) ele indicará vários sites. Há muita ajuda para isso on line.




Eu resolvi brincar de fazer um selinho para a Casinha e venho compartilhar com vocês a minha aventura. Fiz este no http://www.says-it.com/


Não fiquei feliz com o resultado mas a culpa é toda minha que sou lenta para essas coisas... E foi uma brincadeira mesmo.


Vou continuar pesquisando, brincando com as cores e os dizeres. É bem divertido!


Bom fim de semana!

19/01/12

Sorteio amanhã!

Se você não entrou ainda há tempo!

Lis Style é um baby blog que está completando um mes de nascimento.

Para comemorar, oferece a carteira que tem sido o carro chefe da nossa empresa.



Clique na foto acima e entre direto no blog!


Vamos fazer sorteios com frequência.
Acompanhe o blog desde já e concorra sempre!

17/01/12

Meninas, sorteio!

Não se esqueçam! Inscrevam-se para para ganhar uma clutch no sorteio de inauguração do Lis Style!


Só até dia 20!
Tá em cima da hora!

Muitas novidades chegando por lá a partiar de amanhã, 18/01!

13/01/12

Sobre PAPs


Comecei a postar o PAP de cobre manchas e nem disse a razão pela qual resolvi fazê-lo.

Sou muito agradecida às pessoas - homens e mulheres - que postam sobre as técnicas mais sofisticadas, mostram fotos e vídeos explicativos.

Para quem começa, entretanto, fica faltando o básico. O pulo do gato para aprender a ver, a cortar e fazer.

Aqui eu pretendo fazer uma sérire de PAPs sobre as técnicas fundamentais, aquelas que vão alimentando a criatividade e a coragem de fazer algo mais complicado, maior, mais vistoso.

Tão simples quanto isso:  padrões intrincados resumem-se à simples união de blocos diferentes. De início, quem começa a fazer patchwork não consegue destacar, identificar, facilmente os blocos. E há alguns que precisam ser explicados mesmo, pois a barafunda de padrões confunde o olhar mais atento.

Para quem tem vontade de fazer ou a simples curiosidade de ver um trabalho de união de retalhos ultra sofisticado tomar forma, eu sugiro uma visita ao site de Bonnie Hunter - Quiltville - que recentemente completou o Orca Bay, mostrado acima.

E, sim, os padrões recebem nomes. Vamos ver alguns por aqui mais adiante!

10/01/12

PAP de cobre manchas - 3


Una a primeira fileira a uma tira contínua de moldura.

A seguir una-a à segunda fileira,
tendo o cuidado de colocar a tira por baixo e as costuras (rebatidas a ferro)
voltadas para cima.



Faça o mesmo com as duas fileiras inferiores e
una os dois grupos.

As tiras podem apresentar emendas sem que isto represente um problema estético ou técnico.
Afinal, este é um trabalho de retalhos.

Após unir as 4 fileiras, complete a moldura externa com tiras de moldura
também contínuas.


Este é um ponto crítico, onde o perfeccionismo pode ser paralizante.
Reaja!
Siga em frente.
Pequenas imperfeições não serão notadas no final.
Há recursos para disfarçar as diferenças mais gritantes e, fora isso, quem faz o trabalho tem olhar mais crítico do que quem o admira.

Em frente!

Divirta-se!




07/01/12

PAP de "cobre manchas" - 2

Mostro aqui a idéia da nossa segunda etapa:



Para a moldura dos quadradinhos escolhi um tecido claro, que fará ressaltar as cores. Não é totalmente liso mas é quase. É claro que esta é uma escolha pessoal. Do tecido da moldura eu tenho bastante e poderei mais tarde embainhar uma toalha de mesa para usar sob o "cobre manchas". Isso não funciona necessáriamente assim. Podemos fazer a toalha com um dos tecidos dos quadros ou simplesmente usar o cobre manchas com uma toalha já pronta. 
Para as tiras horizontais vou precisar de (5 x 9cm) 54 cm x 5 = 270 cm
Para as tiras verticais vou precisar de (7 x 9 cm ) 36 cm x 7 =  252 cm

Total:  5.22m em tiras
Sempre corto com folga para não ter que voltar a uma etapa anterior caso aconteça algum imprevisto. Erros podem acontecer, e acontecem com frequência, durante o caminho.

Então, mãos à obra.


Isto feito, vamos montar os quadros dentro da moldura.

Esta etapa pode ser realizada de diversas formas,
dependendo do nível de experiência de cada um. 

Eu acho que este é o método mais fácil, inclusive prendendo, sim, com alfinete.
Respeite sempre uma folguinha entre um quadro e outro.


Separe cada coluna vertical e prenda a tira que servirá de moldura
(direito contra direito)
no lado direito do quadradinho.

Não é expressamente necessário - mas facilita - obedecer a ordem escolhida,
pois as tiras, que já estão virando moldura, serão cortadas posteriormente.
À direita da 6a. coluna, ou seja,  a última da direita, a moldura será contínua, portanto, deixaremos para costura-la no final, depois de já ter costurado a moldura no sentido horizontal.


Você pode inverter as camadas, colocando os quadradinhos sobre a tira e dispensando o uso do alfinete.  O importante é usar o pé (calcador) como baliza durante todo o trabalho, cedendo 0,75mm ou 1 cm, conforme o seu gosto. Neste caso estou cedendo 1 cm. Os quadrinhos terão, ao final, 7 x 7 cm e a moldura 2 cm de largura.

Então, já começou o seu?

Vamos lá!

Mande fotos do seu trabalho para o e-mail do blog.

Vou adorar - todos nós vamos adorar - ver as diversas versões!

Anime-se!




06/01/12

PAP de "cobre manchas" - 1

A minha proposta para 2012 é baixar o estoque de tecidos. Tudo para poder comprar mais ... sem culpa. Depois de ver que as prateleiras baixaram beeeeeeemmmm....


Vou começar dando roupa nova à minha cozinha. Fazer umas toalhinhas e uns centros de mesa, chamados de "cobre manchas". Coisa simples, de começar e acabar...:)))

Topa fazer junto? Vou dar o PAP aqui, à medida que for completando cada etapa. Vamos nessa?

Comece cortando uns pedacinhos, 9 x 9 cm. 
Serão usados apenas 24.



Tente fazer o jogo do claro/escuro, procurando a melhor distribuição.


Talvez seja esta a etapa mais demorada! Para mim sempre é.:)))

Tentei assim...


assim...



e, por fim, me decidi por esta distribuição:



Então? Vamos nessa?
Escolha uns retalhos, daqueles aos quais você não tem especial apego...
até porque o "cobre manchas" às vezes mancha...